A Mononucleose Infeciosa, mais conhecida como a doença do beijo deve-se ao seu principal meio de transmissão, a saliva

Trata-se de uma infeção viral que costuma provocar dor de garganta, aumento dos gânglios e febre. É uma doença contagiosa, com origem no vírus Epstein-Barr  (EBV) e é comum surgir na adolescência ou fase adulta, podendo ser transmitida através da tosse, espirro, ou contacto com saliva de uma pessoa contaminada (nomeadamente pelo beijo).

Tipicamente, os seus primeiros sintomas incluem: febre, dores de cabeça, dores musculares, fadiga exuberante e sonolência.

Na sua evolução, segue-se:

  • Febre acima de 38ºC;
  • Mal-estar geral e cansaço;
  • Dor de cabeça e garganta;
  • Aumento de gânglios no pescoço;
  • Pálpebras inchadas;
  • Placas esbranquiçadas na boca e garganta;
  • Dor abdominal.

Muitas vezes os sintomas podem ser confundidos com uma possível gripe.

 

Tratamento

Comummente este tipo de infeção não tem um tratamento específico, mas os seus sintomas costumam desaparecer após 1 ou 2 semanas do seu início.

É aconselhável que durante o tempo de presença de sintomas haja repouso, ingestão de líquidos e uso de medicação para alívio dos sintomas.

Em caso de dúvida ou persistência/ agravamento de queixas é aconselhável que se consulte um médico para observação do estado e evolução dos sintomas.

Leave a reply