Exatamente no mesmo dia em que o Homem pisou a Lua, o cirurgião Linhares Furtado realizou – nos velhos Hospitais da Universidade de Coimbra – o primeiro transplante renal em Portugal, a 20 de julho de 1969.

Para Linhares Furtado, aquele foi o primeiro dia de um percurso impar na história da transplantação em Portugal, porque ao rim, haveria de se seguir o transplante de fígado, de pâncreas e ainda o transplante intestinal.

Uma história única e irrepetível.

A história de Coimbra começou a ser reescrita naquele dia e, se um dia, a cidade foi chamada de Capital da Saúde, esse epíteto deve-o também a A. Linhares Furtado.

É esta jornada e história de vida que queremos celebrar e honrar, porque este é o tempo de lhe agradecer.

Hoje, partilhamos parte deste percurso.

Veja AQUI.

Leave a reply