É já amanhã que começam as ações do Programa Ciência Viva no Verão, em parceira com o Centro Cirúrgico de Coimbra. Por iniciativa do Exploratório, esta é a primeira vez que o tema da saúde e bem-estar entra no programa da Ciência Viva de Verão, que inclui 14 ações do Centro Cirúrgico de Coimbra, distribuídas pelos meses de julho, agosto e setembro.

Para este sábado, as nossas propostas começam logo pelas 10h00, com a ação “De Avatar para o bloco operatório, que fala da terceira dimensão captada no interior do olho humano” da responsabilidade de António Travassos. Às 11h00, começa a ação “De olho no meu olho, que fala das histórias que se podem contar quando se olha para dentro do interior do olho humano” com a ajuda dos equipamentos de diagnósticos. Esta ação é da responsabilidade de Rafael Nobre e de Robert van Velze. E ainda nesse mesmo dia, mas às 12h00, teremos uma terceira atividade com o título “Nervos paralíticos. Danos no sistema nervoso, por mensagens trocadas ou distorcidas”, da responsabilidade da equipa de neurocirurgiões, Raimundo Fernandes, Gonçalo Costa e Jorge Gonçalves.

O programa Ciência Viva no Verão contempla muitas outras ações que irão levar os participantes à descoberta da ciência, com atividades da área da astronomia, biologia, castelos, património, engenharia ou geologia. Ao todo, serão mais de 1100 ações em que a ciência sai à rua, com propostas que cobrem todo o país. Os interessados devem realizar a sua inscrição (gratuita) na plataforma online em

www.cienciaviva.pt/veraocv/2015.

O programa de ações delineado para a região Centro foi apresentado esta semana, numa sessão que se realizou no Centro Cirúrgico de Coimbra e que contou com a presença de Paulo Trincão, diretor do Exploratório de Coimbra, acompanhado por outros parceiros, como Pedroso Lima, do Serviço de Medicina Nuclear do CHUC e António Travassos, do Centro Cirúrgico de Coimbra.

Leave a reply